Transações de habitação em máximos somam os €11.600M

Ana Tavares |
Transações de habitação em máximos somam os €11.600M

 

De acordo com os números da análise de conjuntura da FEPICOP sobre o setor da construção, este valor semestral representa um crescimento de 20% em número de transações e de 30% em valor, face ao período homólogo do ano passado.

O valor médio de transações atingiu o máximo da série, de 134.000 euros, mais 12% que no período homólogo do ano passado. Apenas 41% do montante total transacionado no 1º semestre foi financiado por crédito bancário concedido a particulares, num total de 4.700 milhões de euros, valor que pode comparar com os 70% registados no início dos anos 2000.

Segundo os números citados pelo Económico, o forte dinamismo do mercado contribuiu ainda para o crescimento de 3,3% do investimento em construção e de 1,6% no valor acrescentado bruto, num aumento de 2,2% no peso do setor no PIB.