Taxa de juro do crédito à habitação cresce há 5 meses seguidos

Ana Tavares |
Taxa de juro do crédito à habitação cresce há 5 meses seguidos

Segundo os números agora divulgados pelo INE, nos contratos celebrados nos últimos 3 meses a taxa de juro subiu 15 pontos base, de 1,396% para 1,411%. Em abril, o capital médio em dívida subiu 77 euros, fixando-se em 52.686 euros, enquanto que a prestação média vencida subiu 1 euro, para 246 euros.

Segundo o Público, o mínimo histórico da série iniciada em janeiro de 2009 foi atingido em janeiro de 2017, com 1,007%, que compara com o máximo de 1,559%. São as taxas Euribor que estão na base desta evolução.