Rendas dos quartos em Lisboa crescem 7,6%

Ana Tavares |
Rendas dos quartos em Lisboa crescem 7,6%

A informação é dada pela Uniplaces, com base nas procuras e arrendamentos feitos na sua plataforma desde o início do ano até agosto, mês que antecipa o regresso às aulas.

O Porto regista um valor médio de renda de quarto de 299,16 euros, mais 5,6% que no período homólogo.

Carolina Almeida, CMO da Uniplaces em Portugal, comenta que «o número de estudantes em mobilidade no nosso país continua a aumentar, sendo por isso muito importante a continuação da aposta no mercado de alojamento para estudantes, para que o leque de opções aumente e se torne mais diversificado para quem procura casa ou quarto para arrendar».

 

Arroios, Alameda e Entrecampos: as zonas mais procuradas pelos estudantes

Até agosto, Arroios continuou a ser a zona mais procurada pelos estudantes em Lisboa, com um valor médio de renda de quarto privado em casa partilhada atual de 379,31 euros (mais 6,8% face a 2018).

Depois de Arroios, surge a Alameda e Entrecampos enquanto zonas mais procuradas, com rendas médias de 416,1 e 422,9 euros, respetivamente.

Por oposição, Alcântara, Sete Rios e São Sebastião são as zonas menos procuradas, com uma renda média de 416,54 euros.

No Porto, Paranhos, Cedofeita e Bonfim são as áreas mais procuradas pelos estudantes, sendo que Paranhos tem uma renda média de 296,57 euros por quarto, valor que subiu 4% face ao período homólogo do ano passado.

Cedofeita e Bonfim têm rendas médias de 311 e 312 euros, enquanto que Rio Tinto é a zona mais cara da Invicta, com uma média de 338,94 euros.

Até agosto, Lisboa registou um valor médio de arrendamento de 399,56 euros, mais 7,6% face a igual período do ano passado.