Habitação

Rendas e preço das casas aumentaram 25% e 65% desde 2010

Felipe Ribeiro |
Rendas e preço das casas aumentaram 25% e 65% desde 2010

Na passada sexta-feira, o Eurostat forneceu dados relativos aos custos com habitação vigentes desde 2010, onde se registou um aumento das rendas, em 16%, e do preço das casas em 42%, no que a nível europeu diz respeito.

Em Portugal, tanto nas rendas, como também no preço das casas, verificou-se subidas acima da média europeia na última década: houve um aumento das rendas em cerca de 25%, a passo que os preços das casas aumentaram 65%. No entanto, mesmo com este aumento nas rendas e nos preços das casas, Portugal ainda está distante das maiores subidas entre os Estados membros da União Europeia.

Neste intervalo de tempo, em determinados países como a Estónia e a Hungria, os preços das casas mais do que duplicaram. Em contraponto, no Chipre e na Grécia, caíram as rendas e os preços das casas, na última década.

Segundo o relatório estatístico, entre 2010 e o segundo trimestre de 2011, os preços das casas e as rendas na União Europeia tiveram caminhos idênticos, todavia, a partir do segundo trimestre de 2011, ocorreu uma divergência significativa nos seus valores. É certo que os aluguéis aumentaram ao longo do período até o quarto trimestre de 2021, apesar disso os preços das casas oscilaram substancialmente.