Rendas aumentam 22,8% no Porto no último ano

Ana Tavares |
Rendas aumentam 22,8% no Porto no último ano

 

Os números são do mais recente Índice de Rendas Residenciais da Confidencial Imobiliário, que mostra uma nova aceleração do ritmo de subida anual das rendas na cidade, que este ano tem sido especialmente intenso. No 1º trimestre, pela primeira vez, o crescimento ultrapassou os 20%.

Desde o final de 2015, as rendas da habitação no Porto têm vindo a crescer anualmente de forma consistente e ininterrupta, intensificando de forma expressiva a cada trimestre. A variação homóloga de 0,3% registada pelo IRR no 4º trimestre de 2015 compara com os 7,6% e 15,6% observados um e dois anos mais tarde, respetivamente.

Em termos trimestrais, as rendas no Porto cresceram 5,2% no 2º trimestre, sendo este o 3º período consecutivo em que o IRR apresenta variações em cadeia acima dos 5%. Na comparação trimestral, as rendas crescem sem interrupções desde o final de 2015.

Nas regiões que compõem o “Restante Grande Porto”, as rendas também cresceram, mas menos que no 1º trimestre deste ano, apresentando neste novo trimestre uma variação homóloga de 11% (vs 11,6% no 1º trimestre) e trimestral de 2,1% (vs 3,9%). Este mercado começou a recuperar cerca de um ano antes do Porto (no final de 2014), após as rendas terem atingido o seu ponto mínimo no início de 2014. Mas foi sempre um mercado de variações mais suaves, o que faz com que o gap entre o momento atual e o mínimo seja de 20,1%, enquanto que no Porto é superior a 40% (o ponto mínimo foi na segunda metade de 2015).