Regal reforça oferta de habitação premium da baixa de Lisboa

Ana Tavares |
Regal reforça oferta de habitação premium da baixa de Lisboa

 

O projeto vai resultar da reabilitação de um edifício no nº 156 da Rua dos Fanqueiros, a concluir no final de 2020. Pretende distinguir-se pela sua oferta premium e pelas áreas generosas dos 10 apartamentos T2, cujas áreas variam entre os 116 e os 185 metros quadrados.. Serão mantidas e preservadas as suas principais caraterísticas arquitetónicas, como a fachada, arcos de pedra ou tetos ornamentados, com novos interiores.

O empreendimento está a ser comercializado pela Fine & Country e pela Portugal Sotheby’s International Realty. O projeto tem assinatura da João Tiago Aguiar Arquitectos, e será gerido pela JRLT.

Nuno Durão, Managing Partner da Fine & Country, comenta que se trata de um projeto que «não é comum juntar todas as vantagens num imóvel específico. O Fabrik tem a melhor localização, em plena Baixa de Lisboa, num projeto com amplos apartamentos de luxo, tetos altos, junto ao elevador para o Castelo e em frente às ruas pedonais que vão para o Chiado».

José Gorjão, Partner e Manager Office, Portugal Sotheby’s International Realty acrescenta que o Fabrik «é um projeto que se vai destacar na reabilitação da baixa pombalina que consiste no contraste dos traços antigos com um toque de modernidade».

A Regal Hotels International Holdings é uma sociedade anónima baseada em Hong Kong, pertencente ao Century City Group. O seu portfólio inclui projetos habitacionais e hoteleiros, bem como investimentos internacionais na China, Canadá, Espanha e Portugal. É ainda um dos maiores operadores hoteleiros em Hong Kong, com um total de 9.200 quartos em operação.