Preços das casas sobem 23% em Lisboa e Porto

Ana Tavares |
Preços das casas sobem 23% em Lisboa e Porto

O relatório divulgado esta semana mostra que as duas cidades registaram as taxas de crescimento homólogo mais elevadas entre as cidades com mais de 100.000 habitantes.

E, pela primeira vez desde o 1º trimestre de 2016, os valores medianos de venda das sete freguesias da cidade do Porto registaram preços acima dos 1.000 euros/m², sendo o valor mais elevado 2.289 euros/m², registado na Foz do Douro e Nevogilde. O valor mediano registado para a cidade foi de 1.612 euros/m².

Por outro lado, três freguesias de Lisboa registaram preços medianos de venda superiores a 4.000 euros/m², nomeadamente Santo António (4.568 euros/m²), Santa Maria Maior (4.297 euros/m²) e Misericórdia (4.126 euros/m²). O valor de venda mediano da cidade fixou-se nos 3.010 euros/m².

Na área metropolitana, a Amadora superou pela primeira vez os valores de Coimbra, com um valor mediano de 1.247 euros, face aos 1.230 de Coimbra. Santa Clara é a região com a mediana mais baixa da cidade, de 1.969 euros/m².

Neste trimestre, o preço mediano dos alojamentos familiares para o total do país foi de 996 euros/m², mais 1,2% face ao trimestre anterior e mais 6,9% face ao trimestre homólogo. O preço mediano manteve-se acima da média nacional no Algarve (1.523 euros/m², na Área Metropolitana de Lisboa (1.333 euros/m²) e na Madeira (1.207 euros/m²), nomeadamente em 42 municípios.