Pedreira dos Húngaros volta a leilão no final do mês

Ana Tavares |
Pedreira dos Húngaros volta a leilão no final do mês

A informação foi dada por uma fonte da Câmara Municipal de Oeiras ao Idealista, segundo a qual os imóveis não receberam licitações a 28 de março, apesar de a autarquia garantir que a hasta pública foi concorrida.

Segundo o Público, estão em causa 6 lotes de terreno, numa área total de 14.363 m², com capacidade construtiva autorizada de 64.909 m². O Plano de Pormenor do Almarjão prevê a construção de edifícios até 12 andares com 24 a 28 fogos, num total de 152 habitações.

Estes terrenos já têm algumas infraestruturas construídas, mas cabe ao futuro proprietário terminar estas obras de urbanização.

Segundo a mesma fonte, a câmara de Oeiras estima que dentro de três ou quatro anos estejam concluídas as primeiras construções nestes terrenos.