Licenciamentos para habitação crescem 10% no 1º trimestre

Ana Tavares |
Licenciamentos para habitação crescem 10% no 1º trimestre

 

Nota para a construção de novos fogos, cujos licenciamentos cresceram 21,1% em termos homólogos, num total de 4.203 habitações novas licenciadas.

De acordo com a Síntese Estatística da Habitação, publicada pela AICCOPN, no mesmo período o consumo de cimento em Portugal totalizou as 645.000 toneladas, menos 1,1% face a igual período do ano passado. Já o stock de crédito concedido pela banca às empresas da construção e imobiliário registou uma quebra de 5,4%.

Por outro lado, o stock de crédito à habitação concedido pelas instituições financeiras a particulares reduziu-se em 1,3% em termos homólogos, num total de 92.940 milhões de euros. Já o novo crédito concedido para compra de casa cresceu 21,2% face ao 1º trimestre de 2017.

Os números verificam-se num período em que o valor médio de avaliação bancária na habitação cresceu 5,4% em março em termos homólogos, fixando-se nos 1.167 euros por metro quadrado, valor que chegou aos 1.218 euros por metro quadrado no caso dos apartamentos.