C21 lança aplicação inovadora para “processo de compra de casa mais transparente”

Ana Tavares |
C21 lança aplicação inovadora para “processo de compra de casa mais transparente”

«Queremos transformar o processo», e «que esta aplicação seja útil», começa por explicar Ricardo Sousa, CEO da marca, à VI. O lançamento da aplicação, que inclui «muitas funcionalidades que ainda não existiam no mercado», enquadra-se «num processo longo, integrado na estratégia de digitalização e adaptação do modelo de negócio da mediação imobiliária. Em Portugal trabalhamos com uma empresa especialista na área de mobile para customizarmos as nossas ferramentas. Pensamos muito na forma como contactamos com o cliente, e colocamo-nos na perspetiva de quem compra e quem vende».

A ideia é permitir «um processo mais rápido, mais cómodo e sobretudo mais transparente» de comunicação entre as três partes – vendedor, mediador e comprador. O consultor deixa de ser «o único a controlar a informação, passa a ter um papel de facilitador do processo, que passa a ser um ecossistema aberto». Ricardo Sousa garante que a aplicação «não substitui o agente, é uma forma de facilitar a comunicação entre as três partes». Por outro lado, permite dar mais «autonomia ao cliente para que ele possa ter mais controlo sobre o processo e possa interagir de forma mais eficiente».

Esta aplicação permite funcionalidades como customizar as preferências de cada cliente para ajudar ao processo de compra. «Através da inteligência artificial vamos guiando o cliente neste processo todo. Poupamos tempo, evitamos mostrar casas que não correspondem às suas necessidades, por exemplo. Permite também ao consultor preparar melhor o contacto ou a visita».

Além disso, permite também a marcação direta de visitas com sincronização automática de agendas de visitante, vendedor e mediador. Permite também apresentar e aceitar ou recusar propostas pelos imóveis, além de permitir o envio de toda a documentação necessária antes da escritura.

Outra das funcionalidades desta nova app é a estimativa de valor de venda. Um proprietário interessado em colocar o seu imóvel no mercado pode inserir todas as caraterísticas do seu imóvel, e a C21 gera automaticamente um intervalo de preços para referência, com base nas transações ocorridas nos últimos meses em determinada zona. «Mais do que o brinquedo, queremos sobretudo colocar-nos nos sapatos de quem compra e vende», defende o CEO.

Através da loja online C21 Store, a aplicação vai também incluir um diretório de recomendações locais de serviços como canalizador, lavandaria, eletricista ou vários outros serviços relacionados com a casa. Isto porque «queremos ir além da transação e acrescentar valor. Assim podemos manter uma ligação com o cliente além da própria transação».

A App Century 21 foi desenvolvida está disponível de forma gratuita para Android e iPhone.