Avança residência de estudantes no Morro da Sé

Ana Tavares |
Avança residência de estudantes no Morro da Sé

A informação consta de um relatório da Porto Vivo SRU, citado pela Lusa e pelo JN, segundo o qual o modelo é descrito no Instrumento de Gestão Previsional 2020-2024 da Porto Vivo, e inclui também a criação de uma unidade de alojamento turístico no local.

A SRU estima obter como receita 3,5 milhões de euros dos parceiros privados, «no âmbito da celebração de dois contratos de Reabilitação Urbana associados à criação de uma Unidade de Alojamento Turístico e uma Residência de Estudantes no Morro da Sé, mediante a constituição de um direito de superfície sobre os imóveis pelo prazo de 40 anos».

Para o efeito, «serão lançados dois concursos públicos (...) para a celebração de dois contratos de reabilitação urbana, um para a parte da Unidade de Intervenção do Quarteirão da Bainharia, que terá como objeto uma residência de estudantes», envolvendo a reabilitação de 22 edifícios, e outro para «parte da Unidade de intervenção do Quarteirão dos Pelames, que inclui uma unidade de alojamento turístico», num total de 4 imóveis reabilitados.

Este documento, aprovado a 9 de outubro, refere também que os trabalhos de requalificação do Morro da Sé foram reiniciados a partir de março deste ano. Inclui-se nos mesmos o lançamento destes dois procedimentos para celebração de contrato.