Avaliação bancária sobe pelo 20º mês consecutivo

Ana Tavares |
Avaliação bancária sobe pelo 20º mês consecutivo

 

É o 20º mês consecutivo em que se regista uma subida deste valor. Em novembro, o valor médio de avaliação dos apartamentos manteve-se nos 1.277 euros/m², enquanto que o valor médio de avaliação subiu 5 euros para os 1.115 euros/m² no caso das moradias, mostra o mais recente relatório do INE.

A maior subida mensal a nível nacional foi registada na Região Autónoma dos Açores (+0,7%), e a descida mais acentuada no Alentejo (-1,5%). Já a maior subida homóloga foi verificada no Algarve, onde o valor subiu 8,8%, e a menor na Madeira, que cresceu 1,7%.

O Algarve tem o valor médio de avaliação bancária mais caro dos apartamentos, de 1.589 euros/m², e foi a região que mais cresceu em termos homólogos nesta tipologia, num aumento de 10%. Já as moradias mais caras estão na Área Metropolitana de Lisboa, com um valor de 1.560 euros/m².

Algarve, AML, Madeira e Alentejo Litoral registaram, em novembro, valores de avaliação bancária superiores à média nacional em 30%, 23%, 9% e 3%, respetivamente.