Avaliação bancária sobe para os 1.283 euros

Ana Tavares |
Avaliação bancária sobe para os 1.283 euros

Em julho, o valor médio de avaliação dos apartamentos subiu 15 euros face ao mês anterior, para os 1.368 euros para o total do país. As moradias ficaram 6 euros mais caras, num total de 1.148 euros/m², mostram os números do INE.

A maior subida foi registada na Área Metropolitana de Lisboa, onde o valor médio subiu 1,6% para os 1.571 euros/m². A única descida registou-se na Madeira, com uma quebra de 0,4%.

O Algarve continua a ter as casas com o valor de avaliação mais caro do país, atingindo os 1.678 euros para o conjunto da habitação, e os 1.695 euros no caso dos apartamentos.

Face ao período homólogo, apartamentos e moradias ficaram 10,1% e 5,3% mais caros, respetivamente. A taxa de variação homóloga mais elevada verificou-se no Algarve, com uma subida de 10,1%, e a menor na Madeira, com um crescimento de 4%.