Trabalho flexível está a tornar-se numa megatendência

Susana Correia |
Trabalho flexível está a tornar-se numa megatendência

Os números foram apurados pelo grupo IWG na sua mais recente pesquisa sobre espaços de trabalho flexível, que conclui que a maioria dos líderes empresariais acredita que estas políticas melhoram a eficiência, sendo que mais de dois terços afirmam que estas aumentam a produtividade em 20% ou mais.

Os rápidos avanços tecnológicos e a crescente globalização do local de trabalho estão na base da grande expansão deste “movimento”.

Num mundo que permite ligações instantâneas, as redes 5G são, segundo este estudo, uma das grandes oportunidades neste campo do trabalho flexível. «Esta é uma tecnologia que deve constar nas apostas das empresas para 2020 caso pretendam ganhar vantagem competitiva e atrair os melhores dos melhores», refere o documento.

A utilização da tecnologia, apoiar o bem-estar e incentivar o trabalho flexível são, segundo este estudo, pontos chave para as empresas cujos planos para 2020 passem por crescer e modernizar-se. «Só assim irão conseguir captar a atenção das novas gerações e acompanhar a evolução dos locais de trabalho modernos», conclui.