Prime CBD domina ocupação de escritórios em outubro

Ana Tavares |
Prime CBD domina ocupação de escritórios em outubro

No seu mais recente Office Flashpoint, a JLL destaca que esta zona foi palco das duas maiores operações do mês, nomeadamente a ocupação da totalidade do edifício Castilho 50, com 6.211 m², pela CMS, e a ocupação de 3.700 m² pela Goldenhub no edifício Mapfre II.

A restante área colocada distribui-se apenas pelo Corredor Oeste, onde se destaca a ocupação da PHC em edifício próprio de 3.700 m².

Estas duas zonas destacam-se também a nível acumulado, registando a melhor performance do mercado, com 24% (cada uma) da ocupação total, que somou os 160.101 m² no final de outubro.

Mariana Rosa, Head of Office /Logistics Agency & Transaction Management da JLL, destaca que «o Prime CBD mantém-se com um destino incontornável para as empresas que valorizam uma localização mais institucional e de elevado prestígio, sendo muito apreciada pelas áreas financeira ou de direito. Toda a oferta que surge no mercado não só é rapidamente tomada, como até é alvo de forte concorrência».

Por outro lado, salienta, «o Corredor Oeste tem vindo a ganhar protagonismo por ser a única zona com espaços de qualidade imediatamente disponíveis, mantendo-se como uma opção considerada por muitas empresas que não necessitem de estar no centro de Lisboa».