Predibisa coloca 42.000 m2 de escritórios no Porto

Ana Tavares |
Predibisa coloca 42.000 m2 de escritórios no Porto

 

Segundo a consultora, foi a mudança de instalações que impulsionou esta atividade, apesar das novas instalações e entrada de novas empresas na região. Destaque para a instalação do BNP Paribas no edifício Urbo Business Center, em Matosinhos, ou para o novo centro tecnológico da Prozis, na Maia, que foram as maiores transações do ano na região, num total de mais de 15.000 m².

Foi a zona da Boavista que concentrou o maior número de negócios do Porto, num total de 19 colocações e 14.600 m² colocados. Matosinhos e a Maia registaram também uma forte dinâmica.

Graça Ribeiro da Cunha, responsável da Predibisa para a área de escritórios, comenta que «o ano de 2018 foi muito representativo no segmento de escritórios no Grande Porto, confirmando o elevado dinamismo no ciclo de procura ao longo dos meses, facto que originou um acentuado incremento no número de transações».

Explica que «se do lado da procura temos assistido a um crescimento alavancado pelas multinacionais, que elegem cada vez mais o Grande Porto para se instalarem, também as empresas já instaladas, mas em fase de crescimento, têm interesse em se deslocalizarem para edifícios com melhores infraestruturas».