Escritórios: rendas vão continuar a subir nos próximos 3 anos

Ana Tavares |
Escritórios: rendas vão continuar a subir nos próximos 3 anos

As palavras são de Pedro Salema Garção, Head of Agency da Worx, que prevê que «tendencialmente, os valores de renda prime irão manter a sua trajetória ascendente, pelo que a lei da oferta e da procura irá atuar, sendo ainda assim difícil de prever valores máximos dos próximos anos». E avança que «os anos de 2020 e 2021 ditam um período de oportunidade para todos os escritórios existentes, renegociações e contratos de pré-arrendamento».

Na trajetória de inflação dos valores de renta dos próximos anos, prevê-se a entrada de empresas internacionais que apostem em Lisboa para instalar as suas sedes ou expandir os seus espaços. Consequência dessa mudança, novos espaços vão também surgir no mercado, muitos deles já em fim de vida útil.

A partir de 2022 ou 2023, e tendo em conta os projetos de escritórios em pipeline, a Worx antevê uma possível estabilidade do sistema e novo reajuste dos valores. A combinação dos fatores acima descritos pode mesmo acentuar a revisão em baixa dos valores, caso a nova oferta se concentre neste período.