Colocação de escritórios em maio ao nível de 2018

Ana Tavares |
Colocação de escritórios em maio ao nível de 2018

«Após um início de ano lento, chegamos em maio a níveis de 2018, o que se deve ao surgimento de novos espaços de escritórios no mercado, especialmente resultado de renovação e reconversão de edifícios», explica Mariana Rosa, diretora de Office / Logistics Agency and Transaction Manager da JLL.

Comentando estes resultados, destaca que «o abrandamento do mercado sentido até abril não se deve à falta de procura, que continua bastante ativa, especialmente por áreas de grande dimensão. Assim, é expectável que a atividade consiga pelo menos manter-se nivelada com o ano passado, à medida que o pipeline previsto para o ano vá ficando disponível».

No período em análise, a colocação de escritórios subiu 64% face ao mês anterior e 11% face ao ano anterior, num total de 19 operações. A maior operação do mês foi a mudança da Liberty Seguros para 4.260 m² do edifício Adamastor, no Parque das Nações. Destaque ainda para a colocação da Sitel em 3.215 m² no edifício Malhoa 19 ou a instalação da Efacec no edifício Q61-Dona Amélia na Quinta da Fonte, ocupando 3.069 m².