Vendas do retalho aumentam 5,4%

Ana Tavares |
Vendas do retalho aumentam 5,4%

 

Esta desaceleração do índice total do INE foi determinada pelo abrandamento de 1,1% dos Produtos Alimentares, que registaram uma subida de 3,1%, com os Produtos Não Alimentares a acelerar 0,6% para os 7,3%, face a janeiro de 2017.

Por outro lado, a variação mensal do índice agregado foi de -0,5%, depois de uma variação de -0,1% no mês anterior. Os Produtos Alimentares diminuíram 1,7%, e os Produtos Não Alimentares subiram 0,5%.

Já o emprego cresceu 3,5% em janeiro, depois de uma subida de 3,3% em dezembro. As remunerações subiram 5,9%, e o índice das horas trabalhadas 1,2%.