Vendas da hotelaria do Algarve crescem 8,9% em novembro

Ana Tavares |
Vendas da hotelaria do Algarve crescem 8,9% em novembro

 

Em novembro, a taxa global média por quarto foi de 45,3%, 1,8% inferior à registada em igual mês do ano passado. Para este resultado, contribuiu a descida do mercado britânico, com -4,1%. Os mercados alemão, irlandês e holandês foram os que mais cresceram, 0,9%, 0,6% e 0,4%, respetivamente. A AHETA explica que a desvalorização da Libra, no decorrer do Brexit, é a principal causa da descida homóloga do mercado britânico desde o início do ano nos meios de alojamento classificados oficialmente (-8,2%).

Monte Gordo / VRSA e Vilamoura / Quarteira / Quinta do Lago foram as zonas que registaram as maiores descidas da ocupação por zona geográfica, de -12,1% e -11,2%, respetivamente. Albufeira, a principal zona turística da região, registou uma descida de 3%, ao passo que Tavira e Faro / Olhão registaram os maiores crescimentos, de 5,8% e 4,3%, respetivamente.

Em termos acumulados, nos últimos 12 meses a taxa de ocupação por quarto no Algarve regista uma subida de 1,8%.