Vanguard Properties investe €60M em Armação de Pera

Ana Tavares |
Vanguard Properties investe €60M em Armação de Pera

 

Em Armação de Pera, junto à linha de costa, vai surgir um novo empreendimento da promotora de capitais franceses, assinado pelo ateliê Saraiva & Associados, um complexo residencial composto por 6 edifícios de 5 a 6 pisos e um total de 255 apartamentos T1 a T3. Serão apoiados por piscinas, campos de jogos, ginásios, spa, estacionamento privativo ou armazéns.

José Cardoso Botelho, responsável pela empresa, explica ao Expresso que o Bayline se situa «a 30 metros, nem tanto. Isto não se encontra em lado nenhum. O projeto inclui a reabilitação da zona envolvente, que foi uma espécie de contrapartida que acordámos com a autarquia».

Segundo o responsável, as obras arrancam no próximo mês de julho, e ficarão concluídas em dezembro de 2020. Mas as vendas em planta deverão arrancar já em junho ou julho deste ano, até porque a empresa já tem «alguns interessados». Os preços vão variar entre os 3.750 e os 6.500 euros por metro quadrado.

 

Antigo projeto da Almagarça

O Bayline vai substituir um antigo projeto da empresa Almagarça, que aqui começou a desenvolver em 2008 o Aldeamento Lagoa das Garças, que previa a construção dos mesmos 6 edifícios e 296 apartamentos.

Contudo, foram apenas construídas as fundações para 4 dos edifícios e algumas lajes do primeiro andar até que a crise tivesse parado o projeto por completo.

Entretanto, a Vanguard negociou a compra do projeto com o proprietário pelo valor equivalente ao que alguns clientes tinham pago pelas casas em planta (que tentaram entretanto reaver em tribunal). João Cardoso Botelho explica que o negócio ficou fechado «a 20 de março deste ano. Demorou cinco meses e tivemos 30 pessoas na escritura porque havia 62 contratos-promessa realizados e nós devolvemos esse dinheiro todo aos compradores que, por esta altura, já pensavam que nunca mais iam ver esse dinheiro», escreve o mesmo jornal.