Valor médio de avaliação bancária continua a aumentar

Ana Tavares |
Valor médio de avaliação bancária continua a aumentar

Este valor representa uma variação mensal de 0,5%, inferior aos 0,8% do mês anterior. Para este resultado, contribuiu essencialmente a Área Metropolitana de Lisboa, com uma variação de 0,8% face a dezembro, num total de 1.341 euros/m². Apenas as regiões autónomas registaram decréscimos mensais.

Na comparação dom janeiro de 2016, o valor médio de avaliação bancária do total do país registou uma subida de 5,6%, depois dos 4,8% do mês anterior. A região Norte cresceu 6,2%, e esta foi a variação mais intensa.

Também segundo o INE, o valor médio de avaliação dos apartamentos fixou-se nos 1.149 euros/m² em janeiro, mais 0,5% que em dezembro. As subidas mensais mais acentuadas registaram-se no Algarve e nos Açores, que cresceram 1,4% para os 1.324 euros/m² e 1.106 euros/m². Face ao período homólogo, a avaliação por metro quadrado dos apartamentos cresceu 5,2%, depois dos 4,4% de dezembro. Lisboa registo a subida homóloga mais expressiva, de 71 euros/m² (5,6%).

No caso das moradias, o valor de avaliação fixou-se nos 1.034 euros/m² em janeiro, mais 8 euros que no mês anterior, e mais 5,9% que em igual mês do ano anterior. Todas as regiões NUTS II, à exceção dos Açores, registaram variações mais intensas que no mês anterior, com o Algarve a destacar-se com uma subida de 10,8% em janeiro.