Tomada de escritórios já superou o ano de 2016

Ana Tavares |
Tomada de escritórios já superou o ano de 2016

 

Só em novembro, a área de escritórios contratada foi 374% superior à registada no mês homólogo do ano anterior, num total de 29.462m². Segundo a consultora, «no mês de novembro destacou-se a migração da sede da Sociedade de Advogados Vieira de Almeida e da WPP, ambas para a zona ribeirinha. Desta forma, verificamos que a um mês do fim do ano, o mercado de escritórios já ultrapassou o número de m² contratados em 2016, com 154.766 m², face aos 143.800 m² no ano de 2016».

Entre janeiro e novembro, registaram-se 234 operações, mais 62 que em igual período do ano passado. A zona mais dinâmica foi o Corredor Oeste, com 22% das transações, por oposição ao Parque das Nações, que registou apenas 12 operações.

Em termos de área, a Zona Secundária e o Corredor Oeste destacaram-se, representando 36.033m² e 36.078m² colocados, respetivamente, 47% do total.

Nas zonas CBD e Corredor Oeste mais de 50% das transações registaram uma absorção por intervalo de área contratada inferior a 300m², cerca de 52% das colocações do acumulado do ano. Já em novembro, trata-se de uma redução do take up médio de 2% de 676m² para 661m². Neste mês, os setores “Consultores e Advogados” e “Serviços Empresas” foram os que mais se destacaram com 12.430m² (mudança de sede da VdA) e 10.911m² (instalação da WPP na Av. 24 de Julho) colocados, respetivamente, 79% da área contratada.

Num mercado de grande procura e falta de construção nova, até novembro apenas 8 transações foram referentes a edifícios de escritórios novos, que representaram 24% da área total contratada.