Sonae Sierra nomeada para Prémios de Energia Sustentável

Ana Tavares |
Sonae Sierra nomeada para Prémios de Energia Sustentável

A empresa foi selecionada pelo projeto Bright, que lhe permitiu melhorar a eficiência energética dos seus centros comerciais e identificar 218 medidas específicas para atingir este fim em 28 centros comerciais. Inclui 5 áreas de atuação, entre as quais a modelação do consumo ótimo de cada edifício e análise do perfil de consumo, identificação e implementação de medidas de otimização, monitorização contínua de consumos e implementação de soluções de gestão que permitam manter o desempenho energético do edifício a um nível ótimo.

182 destas medidas já foram implementadas, e 36 estão em curso. Desde 2013 já foram investidos 2,4 milhões de euros, o que conduziu a uma redução do consumo de energia de 12% e uma poupança de 2,7 milhões de euros. No final, a Sonae Sierra deverá conseguir poupar anualmente até 4,2 milhões de euros em eletricidade, 40% da pegada de carbono da empresa.

Para Elsa Monteiro, diretora de Sustentabilidade e Comunicação Corporativa da Sonae Sierra, nota em comunicado de imprensa que «estamos muito satisfeitos com esta nomeação. A Sustentabilidade faz parte integrante da estratégia de negócio da Sonae Sierra como forma de criar valor, dando resposta a desafios ambientais e sociais». Para a responsável, «o projeto Bright é um bom exemplo disso. Ajuda-nos a contribuir para a redução das emissões de carbono, tornando os edifícios mais eficientes e menos dependentes de recursos, com redução de custos operacionais e minimização de riscos a medio, longo prazo.  É muito gratificante ver o reconhecimento desta iniciativa».

Os Prémios de Energia Sustentável da Comissão Europeia reconhecem a inovação na eficiência energética e nas energias renováveis, destacando novas formas de moldar o futuro energético da Europa. Os vencedores serão anunciados na cerimónia que terá lugar no âmbito da Semana Europeia da Energia Sustentável 2017, que decorrerá entre os próximos dias 19 e 25 de junho, em Bruxelas.