Sonae Capital procura oportunidades de investimento em Lisboa e no Porto

Ana Tavares |
Sonae Capital procura oportunidades de investimento em Lisboa e no Porto

A informação foi avançada à Lusa pelo administrador da Sonae Capital, Pedro Capitão, segundo o qual o grupo pretende aumentar o número de unidades hoteleiras em Lisboa e no Porto, nomeadamente uma em cada uma destas cidades, até 2018.

Este responsável explica que «a nossa intenção clara é desenvolver o conceito da 'The House', hotel essencialmente urbano, virado para este tipo de cliente de lazer, nacional e internacional, localizado no centro de cidade, centro histórico, de preferência num edifício emblemático, que traduza também aquilo que é a história da cidade, com 50 a 100 quartos, quatro estrelas». Estas unidades deverão seguir um modelo ‘capital light’, privilegiando o arrendamento em detrimento da propriedade do imóvel.

O investimento específico poderá variar conforme o número de quartos de cada hotel, mas para um exemplo de cerca de 50 quartos deverá ser aplicado cerca de 1 milhão de euros.

Neste momento, a Sonae Capital tem 3 hotéis no Porto, o Porto Palácio Hotel, The Artist Porto Hotel & Bistrô e o The House Ribeira Hotel. Com um volume de negócios na ordem dos 10 milhões de euros em 2016, Pedro Capitão destaca a performance do House Ribeira Hotel, que «do ponto de vista da rentabilidade, cumpriu as expetativas, tendo tido uma taxa média de ocupação superior de 60%, com uma receita média de 108 euros e uma estadia média de três dias e prevendo-se que em 2017 ultrapasse os 75%», cita o Negócios.