Savills: “início de 2018 superou as nossas expetativas”

Ana Tavares |
Savills: “início de 2018 superou as nossas expetativas”

 

Quem o diz é Paulo Silva, Head of Country da Savills Aguirre Newman, segundo o qual estes resultados acompanham os números do ano passado, numa altura em que «o mercado de escritórios em Lisboa continua a registar bons índices de crescimento, sendo que a procura foca-se, sobretudo, na zona centro da capital e parques empresariais».

De janeiro a março, o mercado registou um total de 50 operações, cerca de 40.000 m² tomados, 9.500 m² dos quais contaram com o acompanhamento da Savills Aguirre Newman. Só o mês de março, o mais forte dos três, registou um total de 8.400 m² colocados.

Neste período, a zona 3 (Zona Emergente) foi a que mais se destacou, englobando o eixo do Campo Grande à 2ª Circular, Benfica, Praça de Espanha e Sete Rios.