Renda prime no setor industrial europeu estabiliza

Fernanda Cerqueira |
Renda prime no setor industrial europeu estabiliza

A evolução é apresentada pela consultora Worx que divulgou os dados do BNP Paribas Real Estate do primeiro trimestre deste ano. Entre janeiro e março, o e-commerce e a distribuição foram os fortes impulsionadores da procura por grandes espaços, sendo que, de um modo geral, por toda a Europa, tanto a distribuição como o retalho foram os principais condutores do mercado.

A mesma análise assinala que «o reduzido desenvolvimento de projetos especulativos não é suficiente para responder à elevada necessidade de novos espaços». Como resultado, «a procura de negócios para ocupação própria prevalece na maioria do território europeu, com as condições de financiamento ainda favoráveis e as baixas taxas de juro, a suportar e incentivar esta solução alternativa».

De acordo com a mesma análise, o crescimento da renda prime em mercados como Berlim, Atenas ou Oslo, foi compensado pelo desenvolvimento em mercados menores como Schiphol e Alta Silésia e que levou a uma diminuição de pressão sob as rendas praticadas.