Renda Acessível arranca em Lisboa

Ana Tavares |
Renda Acessível arranca em Lisboa

Estes fogos serão postos à disposição dos privados que vencerem o sorteio da autarquia, com as obras de reabilitação a terminar 192 semanas depois, segundo o caderno de encargos consultado pelo DN.

O Renda Acessível vai incluir 160 fogos, 123 dos quais teráo rendas médias entre os 150 e os 300 euros, imóveis que ficam isentos de taxas municipais. Os primeiros prédios a integrar este programa situam-se na Rua de São Lázaro, na zona do Martim Moniz, onde um T2 terá uma renda a rondar os 250 euros por mês.

O projeto é discutido esta semana, e mais tarde será analisado em Assembleia Municipal, sendo que até ao início do verão serão feitos mais “2 ou 3 cadernos de encargos” para o tema, refere o DN.