Regus cresce 30% em Portugal no último ano

Susana Correia |
Regus cresce 30% em Portugal no último ano

E, confirmando a importância estratégica do mercado nacional, a empresa líder mundial no coworking está apostada em expandir para outras cidades portuguesas, além de Lisboa e Porto.

«Neste momento estamos a avaliar diversas opções, seja no Porto, seja noutros pontos do país», refere Jorge Valdeira, Country Manager da Regus em Portugal. Depois de recentemente ter aberto o seu primeiro centro em Braga e expandido no Porto, com a integração do District, o responsável da marca em Portugal adianta que nos próximos meses poderá vir a ser concretizada a abertura de mais um centro.

Com mais de 2.000 clientes, a Regus ocupa atualmente cerca de 20.000 m² de escritórios em território nacional. Além de escritórios privados e espaços de coworking, oferece também soluções para escritórios virtuais e salas de reuniões que estão disponíveis tanto para clientes residentes como para clientes externos.

«No que respeita por exemplo aos países de língua portuguesa, estamos em Moçambique já há algum tempo, abrimos há pouco em Angola (o nosso centro em Luanda fica em Talatona) e temos já uma vasta rede no Brasil, mas que continua em permanente crescimento», conta ainda Jorge Valdeira.