PROJETOS DAS NOVAS LINHAS DO METRO DO PORTO VÃO CUSTAR € 4,7 M

Fernanda Cerqueira |
PROJETOS DAS NOVAS LINHAS DO METRO DO PORTO VÃO CUSTAR € 4,7 M

Os anúncios já foram enviados para publicação no Diário da República e no Jornal Oficial da União Europeia e marcam o arranque da criação da Linha Rosa (G), entre São Bento e a Casa da Música, e da extensão da Linha Amarela (D), entre Santo Ovídio e Vila d’Este.

Em comunicado a Metro do Porto revela que o valor global de referência do concurso será de 4,7 milhões de euros e divide-se em dois lotes, um para cada projeto, podendo os interessados concorrer a apenas um deles ou a ambos.

«Este procedimento pressupõe a pré-qualificação dos candidatos, que após fazerem prova da sua capacidade e competência técnica, estarão aptos a apresentar propostas», explica a Metro do Porto.

Uma vez ultrapassada a fase de pré-qualificação, que admite os concorrentes, «as propostas apresentadas serão avaliadas de acordo com dois critérios: o preço (que tem um peso de 70%), e a valia técnica da proposta (critério que vale 30%)».

A Metro do Porto espera concluir este concurso e proceder à adjudicação dos projetos até ao final desde ano.