Projetos de habitação em licenciamento cresceram 42,7% no último ano

Fernanda Cerqueira |
Projetos de habitação em licenciamento cresceram 42,7% no último ano

 

A nova ferramenta, lançada pela Ci, permite monitorizar a dinâmica de entrada em carteira de novos projetos de construção de habitação, sujeitos a processo de licenciamento municipal. «Um indicador avançado da oferta», assinala Ricardo Guimarães, diretor da Ci, «especialmente importante numa altura em que a grande fonte de tensão no mercado imobiliário é a falta de produto». Uma escassez que «deve-se sobretudo ao facto de a procura ter evoluído muito mais rapidamente do que a produção de novos fogos, o que impulsionou os preços e, uma vez solidificada esta tendência, impulsionou o investimento em nova oferta», explica apontando os resultados do novo índice.

Com efeito, de acordo com o IPI, no período compreendido entre o 2º trimestre de 2016 e o 2º trimestre de 2017, os projetos de habitação em licenciamento aumentaram 42,7%. O índice evidencia o 2.º trimestre de 2017, cujo crescimento homólogo das obras em carteira foi especialmente dinâmico no segmento de reabilitação, com uma variação de 68,2% no espaço do último ano. Já as obras de construção nova em licenciamento aumentaram 38,2% no mesmo período.

O novo índice evidencia a subida mais acentuada das obras de reabilitação, comparativamente à construção nova. As obras de reabilitação aumentarem a um ritmo trimestral médio de 14,5% nos quatro últimos trimestres e as obras de construção nova a uma média de 8,7% por trimestre no mesmo período de referência.