Primrose – City Living nasce na Baixa do Porto

Ana Tavares |
Primrose – City Living nasce na Baixa do Porto


Trata-se de um complexo habitacional com 19 apartamentos T0 a T3, com jardim e lugares de garagem, que vão resultar da reconversão e ampliação deste edifício, próximo da Rua de Cedofeita. As áreas vão variar entre os 35 e os 158 m², e os preços de venda entre os 160.000 e os 730.000 euros.

As habitações terão classe energética A e B. Soalho de carvalho, iluminação LED ou painéis solares individuais para cada fração serão algumas das caraterísticas destas habitações.

De acordo com a Predibisa, que comercializa o empreendimento em conjunto com a JLL, esta é uma das zonas do Porto que tem «sido sinónimo de uma expansão comercial e cultural» nos últimos anos, «integrando-se no distrito das artes».

Joana Lima, responsável da Predibisa pelo negócio, explica que este é «mais um projeto de reabilitação urbana na Baixa do Porto com imensa personalidade que decidimos abraçar. Está implantado numa zona carismática da cidade, como é a Rua do Breiner, envolvido por uma oferta de comércio e serviços».  

«Acresce ainda o facto de o Primrose - City Living incorporar todo o simbolismo de uma zona histórica, que mistura memória com contemporaneidade». E completa que esta comercialização «é um investimento seguro, que estamos convictos significará muita procura e vendas, não só devido à localização prime, como pela excelência do projeto em si».

Já Patrícia Barão, Head of Residential da JLL Portugal, acredita que «o Primrose – City Living é um produto de excelência numa das zonas mais procuradas na cidade, mas onde a oferta de apartamentos novos é atualmente limitada. É uma oportunidade única para quem quer viver no centro da cidade e com preços bastante competitivos, pelo que estamos muito confiantes no sucesso deste projecto!».