Primeiro concurso do programa Renda Acessível no terreno

Ana Tavares |
Primeiro concurso do programa Renda Acessível no terreno

Tratam-se de 16 edifícios municipais situados na Rua de São Lázaro, que serão cedidos em direito de superfície durante o período contratual para serem reabilitados por privados. O contrato é de 10 milhões de euros, valor referente aos 25 anos previstos para a exploração dos edifícios para habitação acessível, aos 5 anos do prazo estimado para projetos e obras e ao valor do património/isenções tributárias.

Quando no mercado, estes apartamentos terão preços entre os 300 euros/mês, para um T0, e os 600 euros, para um T4.

De acordo com o anúncio publicado em Diário da República de 16 de junho, este concurso prevê a «concessão, com financiamento, conceção, projeto, construção/reabilitação, conservação e exploração de bens imóveis do município de Lisboa, no âmbito do ‘PRA’, sitos na Rua de São Lázaro», cita a Lusa.

A proposta mais vantajosa é o principal critério deste concurso. Podem ser apresentadas até às 19h do dia 28 de julho.

Este primeiro concurso insere-se num total de 6.000 fogos previstos em 15 zonas da cidade. O investimento municipal será de 400 milhões de euros.