Prime CBD de Lisboa concentra 45% da ocupação do 3º trimestre

Ana Tavares |
Prime CBD de Lisboa concentra 45% da ocupação do 3º trimestre

 

Segundo o MarketView Escritórios Lisboa, nesse período, foram ocupados 35.390m², num total de 70 transações entre julho e setembro, mais 3% de área que no trimestre anterior.

O CBD1, que diz respeito às zonas da Avenida da Liberdade, Marquês de Pombal, Avenida Fontes Pereira de Melo e Saldanha, registou um aumento de 45% na absorção de escritórios nesse trimestre, zona onde se verificou uma subida na renda prime de 2,5% para 19 euros/m²/mês. De salientar a instalação da COSEC ou da Mediabrands nos edifícios Liberdade 249 ou Heron Castilho, ocupando áreas de 1.360m² e 861m², respetivamente.

No Parque das Nações foram realizados mais 7 negócios, que comparam com as 4 operações do trimestre anterior. De salientar a colocação da Tekever em 2.240m² no Edifício Nau.

Até ao final deste ano, deverão entrar no mercado um total de 5 novos edifícios de escritórios com uma área disponível de 29.000m², mas até ao momento foram já formalizados vários contratos de pré-arrendamento, deixando disponíveis apenas 9.000m² no mercado. Perante este cenário, a CBRE realça que a escassez na disponibilidade de produto «deverá motivar novas subidas no valor das rendas em algumas áreas da cidade».