Porto liderou crescimento da receita turista em março

Fernanda Cerqueira |
Porto liderou crescimento da receita turista em março

Ainda antes do verão, os números do turismo nacional são francamente animadores. De acordo com os AHP Tourism Monitors, no mês de março, todos os indicadores da atividade hoteleira registaram variações positivas.

A taxa de ocupação por quarto nos estabelecimentos hoteleiros nacionais, de 3 a 5 estrelas, atingiu os 64%, registando uma subida de 1,9 pontos percentuais face a março de 2016. A Madeira manteve a liderança na taxa de ocupação, atingindo em março os 84%, seguido de Lisboa com 76% e do Porto com 69%.

Em termos de variação face ao período homólogo, destacam-se as taxas de ocupação dos hotéis do Porto (+ 6,9 pontos percentuais) e o Minho (+ 5,2 pontos percentuais).

Apesar do aumento da taxa de ocupação, foram os preços que refletiram um maior crescimento face ao ano anterior. «De destacar, no entanto, um abrandamento relativamente aos dois primeiros meses do ano. Destaco ainda o facto destes dados serem provisórios por não incluírem análise à performance das 2 estrelas. Na análise ao acumulado do primeiro trimestre veremos com maior precisão qual o impacto que esta categoria traz ao geral da hotelaria», explica, ainda, Cristina Siza Vieira, presidente executiva da AHP, citada pelo Jornal económico.

Em março, coube à Alemanha (12%) a maior quota de mercado nos hotéis nacionais, seguida do Reino Unido (8%), França (7%) e Espanha (6%).