Portfólio dos fundos imobiliários cresce ligeiramente em dezembro

Ana Tavares |
Portfólio dos fundos imobiliários cresce ligeiramente em dezembro

A nota da CMVM mostra que o montante investido subiu 0,2% para 7.579,3 milhões de euros no caso dos FII, e também 0,2% no caso dos FEII, para 2.438,6 milhões de euros. Os FUNGEPI passaram a gerir 510,7 milhões de euros, menos 1,1%.

100% do total aplicado por estes fundos destinou-se aos países da União Europeia, sendo que os imóveis do setor dos serviços foram o principal alvo das aplicações dos FII e dos FEII abertos, pesando 47,8% do total das carteiras. Já os investimentos realizados pelos FUNGEPI focaram-se no setor do comércio (39,4% do total).

Em dezembro, a Interfundos, a Norfin e a Fundger tiveram as quotas de mercado mais elevadas, de 13,2%, 12,7% e 9,5%, respetivamente.

Foram constituídos 2 novos fundos especiais de investimento imobiliário, geridos pela TF Turismo Fundos, o Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado Turístico III e o Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado Turístico IV. Por oposição, foi liquidado o FII Banif Reabilitação Urbana – Fundo de Investimento Imobiliário Fechado, gerido pela Banif GA, e os FEII Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado Ulysses, gerido pela Fund BOX, e o Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado Caixa Reabilita, gerido pela Fundger.