Palácio da Ajuda acolhe The Lisbon Seminar a 23 de junho

Ana Tavares |
Palácio da Ajuda acolhe The Lisbon Seminar a 23 de junho

Uma organização da Building Ideas, o The Lisbon Seminar «é uma iniciativa transversal a vários setores da sociedade civil que pretende ajudar a criar uma visão inspiradora para o futuro de Lisboa», que «precisa de identificar e aproveitar a sua inteligência coletiva e encorajar uma cultura de criatividade», refere a organização.

Charles Landry, reconhecido internacionalmente pela criação do conceito de “Cidade Criativa” participa neste seminário. Vai debruçar-se sobre uma Lisboa que está «a viver em pleno uma rara oportunidade de aproveitar todo o seu potencial» e a afirmar-se como «a cidade onde se deve estar». Na ocasião vai ajudar a identificar as prioridades da cidade, com base na sua experiência. “Como combinar Património e Criatividade?”, “O que podemos esperar do futuro e como podemos todos contribuir para a renovação da cidade de Lisboa?” são algumas questões que estarão em cima da mesa, bem como os “conflitos” entre poder nacional e poder local, as transformações económicas da cidade ou o seu modelo económico.

Para este especialista, «o seminário pretende ser um evento transformador para o público. Trata-se de uma iniciativa intersectorial para ajudar a criar uma visão para o futuro de Lisboa que seja inspiradora, vibrante e vigorosa», pois acredita que «as pessoas hoje em dia querem fazer-se ouvir – querem ter uma palavra a dizer sobre o que deve ser uma prioridade, ou não, para a sua cidade. É por isso que, quando as cidades se repensam, todos os atores da cidade devem estar envolvidos: urbanistas, entidades públicas, promotores, empresas, instituições culturais e ativistas». Conclui que «o The Lisbon Seminar pretende ser um catalisador para isso mesmo e estabelecer os pilares para uma conversa mais complexa sobre o futuro de Lisboa».