OE deve recuperar o investimento público, alerta a AICCOPN

Fernanda Cerqueira |
OE deve recuperar o investimento público, alerta a AICCOPN

 

A discussão do Orçamento do Estado para 2018 aponta para a manutenção ou mesmo agravamento do corte nas verbas para o investimento público. O setor da construção já se manifestou e deixa, em tom de alerta, o aviso de que «só será possível captar mais investimento privado, com investimento público estruturante».

Em comunicado, Manuel Reis Campos, presidente da AICCOPN, refere que «a recente retoma do investimento privado, alicerçada no investimento em imobiliário, no interesse dos investidores e no bom momento que o País atravessa, em domínios como o turismo, tem permitido compensar a quebra do investimento público», no entanto, acrescenta que «esta é uma realidade conjuntural e, por isso, de natureza temporária», sublinhando que «o crescimento económico não pode estar exclusivamente dependente destes fatores».

A Associação recorda o compromisso assumido no Orçamento do Estado para 2017: um aumento de 22% para o investimento público. E nota que, um ano depois, não só se está a apontar para uma execução relativa a 2017 que traduzirá uma quebra de 23%, apenas 3.244 milhões, como se prevê que a dotação orçamental para 2018, resulte numa redução orçamental de 10,2%, para 3.754 milhões de euros.