Matosinhos investe €10M nas margens do rio Leça

Fernanda Cerqueira |
Matosinhos investe €10M nas margens do rio Leça

O projeto Corredor Verde do Leça, «um ambicioso plano de requalificação das margens do rio», vai ser apresentado pelo ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e pelo presidente da Câmara de Matosinhos, Eduardo Pinheiro esta sexta-feira, dia 7 de julho.

Alinhado com a expansão do centro Empresarial da Lionesa, este projeto fará nascer «uma zona de lazer única no Grande Porto», assinala a Câmara de Matosinhos, em comunicado. «Interligado com a rede de passadiços do Corredor Litoral, o projeto promoverá a requalificação ambiental do leito do rio Leça e incluirá as importantes marcas culturais, históricas e patrimoniais existentes ao longo do percurso». Serão criados percursos pedonais e ciclovias ao longo das margens, «valorizando o rio enquanto elemento promotor da sustentabilidade, da mobilidade e do lazer», refere o mesmo comunicado.

Na cerimónia de dia 7 serão também assinados protocolos com outras entidades envolvidas no projeto, nomeadamente a Lionesa, a Unicer e a Agência Portuguesa do Ambiente.