Mais de 900 atividades animam Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Fernanda Cerqueira |
Mais de 900 atividades animam Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

A data foi assinalada em 176 concelhos, estando previstas 910 atividades que envolvem 670 entidades, de acordo com a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC).

A DGPC, em colaboração com a Comissão Nacional Portuguesa do Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMOS), organizou 406 visitas guiadas, 94 rotas patrimoniais, 85 oficinas pedagógicas, 59 exposições, 52 conferências, 50 espetáculos e outras 165 atividades.

Em declarações à Lusa, a diretora-geral do património Cultural, Paula Silva, considera que há «um maior interesse no património» e realçou o «aumento imenso» de iniciativas no âmbito do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

Em Lisboa, os museus do Oriente e o do Dinheiro associou-se às celebrações com a realização de visitas guiadas, com concertos no Museu Nacional da Música. Coimbra assinalou a data com uma visita guiada sobre os «700 anos de história» do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha. No Porto houve, por exemplo, visitas gratuitas à Fundação de Serralves onde está patente a exposição «Álvaro Siza Vieira: Visões de Alhambra».

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, criado pelo Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios (ICOMOS) em 1982, tem como objetivo «sensibilizar os cidadãos para a diversidade e vulnerabilidade do património, bem como para a necessidade da sua proteção e valorização».