Lubango renasce em 3 anos com investimento de $212,6M

Ana Tavares |
Lubango renasce em 3 anos com investimento de $212,6M

Esta obra foi consignada a 20 de Junho pelo Governo angolano ao consórcio formado pela Omatapalo, construtora de origem portuguesa fundada na Huíla, e à empreiteira local Imosul, que vão levar a cabo a empreitada ao longo de 100km de infra-estruturas integradas e estradas, explica o Construir.

A Omatapalo explica que as obras terão uma duração de 36 meses, envolvendo a pavimentação das ruas do casco central da cidade, a colocação de sistemas de drenagem de águas pluviais, de saneamento e iluminação pública, entre outras. Incluem-se também a reabilitação de jardins, equipamentos sociais e de 17km de rede de abastecimento de água potável à nova centralidade da Quilemba e a construção de uma ETAR.

A consignação destas obras decorreu no palácio do governo provincial e contou com a presença da ministra do Urbanismo e Habitação, Branca Espírito Santo, do ministro das Finanças, Archer Mangueira, e do governador logal, Marcelino Tyipinge. 

Esta obra será financiada na íntegra pelo Banco de Fomento de Angola.