Lisboa já é uma das 100 cidades mais caras do mundo

Ana Tavares |
Lisboa já é uma das 100 cidades mais caras do mundo

 

A capital portuguesa regista assim a sua maior subida de sempre no que diz respeito ao custo de vida para expatriados. Variações do euro face ao dólar, a questão da subida dos preços da habitação, da restauração e dos combustíveis são algumas das principais razões desta subida.

Em Lisboa, um T3 numa zona nobre da cidade tem uma renda média de cerca de 2.650 euros por mês. Além disso, o preço da gasolina é o mais elevado na comparação com as cidades do top 5, à exceção de Hong Kong.

A lista é liderada por Hong Kong que ultrapassou Luanda, que liderava a lista, e que passou, por sua vez, para o 6º lugar. Zurique é a cidade europeia mais cada, no 3º lugar das 100 cidades mais caras. Incluem-se também no top 10 Seul, Luanda, Xangai, Ndjamena, Pequim e Berna. Tachkent, Túnis e Bichkek são as cidades mais paratas para expatriados.

O 24ª estudo anual da Mercer – Cost of Living destaca fatores como a instabilidade do imobiliário, a baixa inflação ou a instabilidade dos preços de bens e serviços, que estão a ter impacto no contexto empresarial em diversas cidades em todo o mundo.