Lisboa ganha peso no mercado de investimento mundial

Ana Tavares |
Lisboa ganha peso no mercado de investimento mundial

 

Até junho, foram investidos em imobiliário comercial na região 1.320 milhões de euros, dos quais 46% dizem respeito a investimento não europeu, o dobro do valor registado no período homólogo do ano passado. As origens são tão diversas como a América do Norte, África do Sul, Brasil, Índia ou Venezuela.

Os dados são do último estudo da Cushman & Wakefield, Winning in Growth Cities 2017, que analisa a atividade do investimento imobiliário em todo o mundo, identificando e listando as cidades mais atrativas. O relatório mostra que o mercado de investimento imobiliário global cresceu 4% entre junho de 2016 e junho de 2017, num total de 1,5 biliões de dólares.

Nova Iorque foi a cidade que mais investimento atraiu. Os EUA garantem 13 cidades no top 25, e a Europa 6 cidades, bem como a região da Ásia-Pacífico.

De acordo com a C&W, Lisboa está a colher os frutos da sua estratégia para melhorar a imagem à escala mundial. Num ranking de 50 cidades, Lisboa garante a 30ª posição a nível de infraestruturas tecnológicas, a 39ª posição a nível de ligações aéreas, ou a 43ª posição em termos de qualidade de vida.