JLL comercializa novo centro de escritórios da Lionesa

Ana Tavares |
JLL comercializa novo centro de escritórios da Lionesa

 

O projeto da nova fase do Centro Empresarial da Lionesa já foi apresentado em Lisboa. Até 2025 vai duplicar a oferta atual de espaços para a comunidade empresarial, passando dos atuais 43.000m² para mais de 100.000m², incluindo 20.000m² de novos espaços de escritórios que ficam concluídos até 2020, que a JLL vai comercializar em regime de co-exclusividade.

Mariana Rosa, diretora do Departamento de Office Agency da JLL, comenta em comunicado que «por um um lado, este projeto vem ao encontro de uma necessidade flagrante no mercado do Porto, dando resposta à procura latente para grandes áreas de escritórios que neste momento é difícil de satisfazer. Por outro lado, vem também consolidar o posicionamento da Lionesa como um dos maiores clusters criativos da região, conferindo-lhe novos argumentos e ferramentas para captar empreendedores, constituindo-se como uma verdadeira cidade de pensadores e fazedores».

E completa afirmando que «estamos muito satisfeitos por poder trabalhar com a Lionesa nesta nova etapa, pois este é um projeto que promete continuar a marcar a região, a funcionar como um íman para a atração de empresas e, como tal, não temos dúvidas que será um sucesso de comercialização».

O centro da Lionesa acolhe atualmente mais de 100 empresas de várias áreas de atividade, principalmente do setor tecnológico, como a Farfetch, a Hilti, a Uber, o Contact Center da Vodafone operado pela RH Mais ou a Li & Fung.