Investimento em Vistos Gold caiu quase 60% em abril

Fernanda Cerqueira |
Investimento em Vistos Gold caiu quase 60% em abril

Do total do investimento apurado em abril, a maioria continua a ser proveniente da aquisição de bens imóveis (70.729.563 euros), sendo que a transferência de capital totaliza 7.339.505 euros. Em outros números, em abril foram concedidos 122 Vistos Gold, dos quais 115 foram atribuídos por via do requisito da aquisição de bens imóveis e sete por via da transferência de capital.

Os resultados apresentados pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) revelam uma contração no investimento através dos Vistos Gold, com efeito, em abril, foi registada uma quebra de quase 60% comparativamente ao mês de março.

Estes resultados não surpreendem Luís Lima, presidente da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal – APEMIP, que fala numa «mensagem enganadora» transmitida nos últimos meses. Em comunicado, o presidente da APEMIP explica que «cerca de 90% das emissões feitas nos últimos meses dizem respeito a processos antigos, que estavam há muito tempo a aguardar deferimento, e não a novos pedidos» motivo pelo qual se regista a quebra assinalada nos últimos resultados.

Para o presidente da APEMIP a tendência de quebra manter-se-á. «Os potenciais investidores têm já uma perceção negativa sobre este programa, devido aos constantes bloqueios burocráticos que enfrentam» refere acrescentando que «o mercado precisa que este procedimento normalize de uma vez por todas».