Insolvências descem e novas aberturas sobem em novembro

Ana Tavares |
Insolvências descem e novas aberturas sobem em novembro

 

Neste período, foram registadas 622 insolvências, menos 93 que no ano passado. No acumulado do ano, foram 5.849 as empresas insolventes, menos 836 que em igual período de 2016 (-12,5%).

Os números agora divulgados pela Iberinform mostram também que Lisboa e Porto são os distritos com mais empresas a fechar, 1.596 e 1.209, respetivamente, mas são valores que decresceram 2,4% e 17% face ao mesmo mês do ano passado.

Os setores económicos que baixaram mais o número de insolvências no último mês foram os da Eletricidade, Gás e Água (menos 22,2%), Agricultura, a Caça e Pesca (menos 20,4%), Indústria Extrativa (menos 20%), Comércio de Veículos (menos 17,8%), Construção e Obras Públicas (menos 17,2%), Comércio por Grosso (menos 14,9%) e Comércio a Retalho (menos 14%).

E, por outro lado, em novembro foram constituídas 3.160 novas empresas, mais 14% que no período homólogo, e mais 9,7% no acumulado no ano, num total de 37.575n empresas.

O distrito de Lisboa representa 33,7% do total nacional, mais 1,5% que no ano passado. O Porto desceu, mas representa 17,5%.

Outros Serviços, Hotelaria/Restauração e Comércio a Retalho são as atividades mais significativas nas novas aberturas, pesando 46,6%, 21,4% e 9%, respetivamente.