Governo gasta $115M na fiscalização de 56 obras

Ana Tavares |
Governo gasta $115M na fiscalização de 56 obras

A maioria destas obras é financiada pela Linha de Crédito da China, segundo noticia a Lusa, que teve acesso aos 56 despachos presidenciais com datas de Abril referentes a estas empreitadas, autorizando a contratação de várias empresas para assegurarem a fiscalização das obras.

Os trabalhos incluem a expansão de redes de tratamento, armazenamento e abastecimento de água, ou a construção de linhas de transporte de electricidade e respectivas ligações habitacionais em várias províncias.  

O contrato mais avultado diz respeito ao Aproveitamento Hidroeléctrico de Laúca, em Malanje, a maior barragem de Angola, correspondendo a 15,2 milhões de dólares.