“Golden visa” quebram 5% em setembro

Ana Tavares |
“Golden visa” quebram 5% em setembro

 

Os dados do SEF citados pela Lusa mostram que foram atribuídos 64 vistos, 61 para aquisição de imóveis, num total de 33,9 milhões de euros. 3,7 milhões de euros disseram respeito à compra de imóveis para reabilitar.

Nos primeiros 9 meses deste ano, o investimento somou os 592,9 milhões de euros, menos 19% que em igual período do ano passado.

A China continua a liderar a atribuição de vistos (3.952), seguida do Brasil (590), África do Sul (262), Turquia (247) e Rússia (228).

 

Bruxelas vai divulgar relatório sobre os “golden visa”

Até ao final deste ano, a Comissão Europeia compromete-se a entregar um relatório sobre o sistema de “golden visa” na União Europeia, que considera ter «um maior risco de ser usado de forma abusiva por corruptos ou por indivíduos que possam estar a investir o produto de um crime ou a esconder-se da justiça».

O anúncio foi feito por Monika Mosshamer, da direção geral de Justiça da CE, segundo a qual «ainda estamos a elaborar um relatório sobre estes esquemas, no qual distinguiremos a cidadania por investimento e a residência por investimento. Estamos a trabalhar com um consultor externo. É um pouco difícil conseguirmos informação, por isso ainda não temos conclusões», cita o Idealista.