GLICÍNIAS PLAZA CRESCE COM €40M

Ana Tavares |
GLICÍNIAS PLAZA CRESCE COM €40M

O grupo Vougainvest, proprietário do espaço, avança com este investimento por forma a dar resposta «à crescente procura de marcas nacionais e internacionais», explica em comunicado.

Este shopping tem atualmente uma ABL de cerca de 28.000m² e 75 lojas, entre as quais um hipermercado Jumbo, sete salas de cinema NOS, H&M ou C&A. Recebe diariamente cerca de 23.000 visitantes.

Dentro de 2 anos, passa a contar com 41.000m² e será o maior centro comercial da cidade. Outras 45 lojas deverão abrir, num total de 120, e serão criados 500 novos lugares de estacionamento, num total de 2.000 lugares gratuitos. Seguindo um projeto de arquitetura da Broadway Malyan, o projeto vai implicar uma intervenção no piso existente, com a relocalização de um corredor, a construção de 2 pisos adicionais, e a reformulação dos parques de estacionamento e acessibilidades.

A empreitada estende-se à envolvente do centro comercial, que vai beneficiar do melhoramento de algumas vias, da criação de novos espaços verdes e da construção de um parque infantil.

Jorge Buco, diretor geral do grupo Vougainvest, explica que «este é o momento de consolidação, quer como edifício, que depois de renovado irá adotar uma imagem jovem, arrojada e, sobretudo, confortável para quem o frequenta, quer ao nível da oferta comercial, trazendo para Aveiro novas marcas, algumas surpresas e uma oferta bastante mais diversificada».

Este responsável acredita que Aveiro «beneficiará com o natural aumento de oferta comercial, oferta de centenas de novos empregos, a continuidade da existência de um local de lazer, com condições melhoradas, e a dotação da região envolvente ao Glicínias de vias de comunicação com maior fluidez, espaços verdes e um parque infantil exterior para utilização geral».

A empreitada não requer o fecho do centro, que continuará a funcionar em paralelo com as obras.

A apresentação pública do projeto terá lugar a 18 de setembro, no Museu de Santa Joana, em Aveiro, contando com a presença de Daniel Lafforgue e Jorge Buco, do grupo Vougainvest, e do arquiteto do projeto, Vítor Pais, da Broadway Malyan, bem como do autarca José Ribau Esteves.