Fundação Champalimaud constrói novo centro de investigação pancreático

Ana Tavares |
Fundação Champalimaud constrói novo centro de investigação pancreático

 

O anúncio foi feito esta semana durante a cerimónia de entrega do Prémio António Champalimaud de Visão 2018, na sede da Fundação, presidida por Marcelo Rebelo de Sousa. O investimento será de 50 milhões de euros, doados pelos mecenas franceses Mauricio Botton Carasso e Charlotte Botton, familiares dos fundadores da Danone.

Citada pela Lusa, a fundação explica que «é a primeira vez que uma família estrangeira confia a uma instituição filantrópica portuguesa uma responsabilidade desta natureza».

Segundo o Expresso, a abertura está prevista para 5 de outubro de 2020, 10 anos depois da inauguração do Centro Champalimaud para o Desconhecido.